APLICAÇÃO DA ESPECTROSCOPIA NO INFRAVERMELHO PRÓXIMO E DA ANÁLISE EXPLORATÓRIA DE DADOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE MADEIRAS NA INDÚSTRIA DE MÓVEIS

Lucas Ferreira Bastos, Keiti Oliveira Alessio, Caren Machado Menezes, Adilson Ben da Costa, Luciano Marder

Resumo


Este estudo teve por objetivo investigar a aplicação da espectroscopia no infravermelho e da análise exploratória de dados para distinguir os diferentes tipos de madeiras naturais, contribuindo para o controle da origem dos materiais utilizados na indústria de móveis. A espectroscopia no infravermelho próximo (NIR) foi utilizada para caracterização de 44 amostras de 19 diferentes tipos de madeiras e a análise por componentes principais (PCA) para sua discriminação. A metodologia proposta mostrou-se eficiente na separação de algumas amostras, mas estudos complementares devem ser realizados para a difusão desta metodologia no cotidiano da indústria de móveis.

Palavras-chave


PCA; NIR; Woods; madeiras; indústria de móveis.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/tecnolog.v16i1.2670

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo