USO DA TROCA RÁPIDA DE FERRAMENTAS – TRF – COMO ESTRATÉGIA DE AUMENTO DE PRODUTIVIDADE EM UMA ROTULADORA DE GARRAFAS PLÁSTICAS

Teonas Bartz, Julio Cezar Mairesse Siluk, Evandro Tafarel Riffel

Resumo


O aumento na produção e venda de produtos alimentícios armazenados em embalagens plásticas, que atendem a diferentes mercados, fez com que a empresa pesquisada partisse na busca de novos conceitos para aumentar a produtividade dos equipamentos de produção. Com o incremento de produtividade, haveria maior flexibilidade no planejamento e programação da produção e nas trocas de ferramentas. A implantação da metodologia de Troca Rápida de Ferramentas (TRF) reduz o tempo de setup de equipamentos, maximizando o período de máquina em operação. Com isso a empresa flexibiliza seu processo produtivo e consegue reduzir os lotes de produção, o que aumenta as taxas de operação, a produtividade e a competitividade das organizações. Neste trabalho, apresentam-se as etapas necessárias para a implantação da TRF em uma máquina rotuladora de garrafas plásticas. Para tanto, realizaram-se análise das atividades, sugestões de melhoramentos na máquina e nos procedimentos, cronometragem das etapas antes e após as melhorias implantadas e análises dos tempos obtidos. Após isso, obteve-se uma expressiva redução do tempo de setup da máquina estudada.

Palavras-chave


rotuladora de garrafas; troca rápida de ferramentas; setup; produtividade; competitividade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/tecnolog.v16i2.2942

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo