Degradação de efluentes de curtume por processo fotoeletroquímico com diferentes eletrodos: uma avaliação cinética

Simone Stülp, Claus Haetinger, Cesar Müller, Sandro Marmitt, Heloisa Machry

Resumo


Neste trabalho analisou-se a degradação fotoeletroquímica de efluentes de curtume. Os experimentos de fotoeletrodegradação foram realizados por meio da incidência de radiação UV (lâmpada de mercúrio – 125 W), com aplicação de potencial controlado, com eletrodos de Ti/Pt e Ti/Ru0,3Ti0,7O2, em compartimento contendo o efluente. O tratamento fotoeletroquímico, com a utilização de eletrodos de Ti/Ru0,3Ti0,7O2, reduziu em 29,5% a coloração do efluente de curtume, e em 48,9% a matéria orgânica (DQO) presente no efluente estudado.

Palavras-chave


efluentes; curtume; processos oxidativos avançados

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/tecnolog.v17i1.3504

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo