Avaliação da eficiência da aplicação de coagulante orgânico em chorume para remoção de carga orgânica e nutrientes

Daniel Kuhn, Gustavo Reisdörfer

Resumo


A proteção de mananciais e a preocupação com a escassez de água potável no mundo implicam, cada vez mais, na busca de alternativas que visem melhorar a eficiência dos sistemas de tratamento dos mais variados efluentes, difundindo parâmetros de operação. No caso dos lixiviados, ou chorume, de aterros sanitários, são consideradas variáveis importantes a idade de operação do aterro e as diferenças sazonais, principalmente em relação às condições climáticas e as peculiaridades de cada região, sendo que, dessa forma, não há um padrão para a operação de estações de tratamento, onde deve ser estudado caso a caso para um tratamento mais eficiente. Este estudo teve o objetivo de avaliar a eficiência do uso de coagulante orgânico no tratamento de chorume em jar-test, para posterior aplicação na planta da estação de tratamento, na etapa de decantação, avaliando a eficiência de remoção da demanda química de oxigênio (DQO), demanda biológica de oxigênio (DBO), nitrogênio total, turbidez além de avaliação do pH. Para DQO, obteve-se um resultado médio de 30% de remoção, DBO 26% de remoção e para turbidez 84% de remoção. Para o parâmetro de nitrogênio total não houve eficiência de remoção. Conclui-se que essa etapa de coagulação pode ser acrescentada ao processo, com o propósito de remoção de carga orgânica, atuando como uma parte auxiliar no processo de tratamento.

Palavras-chave


química ambiental

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/tecnolog.v19i2.5460

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo