Determinação do teor de etanol anidro em gasolina por calibração multivariada utilizando espectroscopia no infravermelho médio

Autores

  • Vitoria Hagemann Cauduro Curso em Química Industrial – Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)
  • Franccesca Fornasier Curso em Química Industrial – Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)
  • Aline Teichmann Programa de Pós-graduação em Sistemas e Processos Industriais – Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)
  • Adilson Ben da Costa Programa de Pós-graduação em Sistemas e Processos Industriais – Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) 3Programa de Pós-graduação em Tecnologia Ambiental – Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC)

DOI:

https://doi.org/10.17058/tecnolog.v21i2.8817

Palavras-chave:

Quimiometria, PLS, Etanol, Gasolina

Resumo

O objetivo principal deste estudo foi desenvolver um modelo multivariado de calibração por quadrados parciais (PLS) para quantificação do teor de etanol anidro em amostras comerciais de gasolina, utilizando um software de quimiometria gratuito. Para isso, espectros de infravermelho médio das amostras foram adquiridos em uma atividade experimental de estudantes de graduação em Química da UNISC, para melhorar a compreensão dos métodos de calibração multivariada. O modelo de calibração PLS apresentou resultados semelhantes aos obtidos pelo método de referência (NBR:13992) (p > 0,05), com valores de exatidão entre 97,8 e 108,2%. Além disso, a metodologia desenvolvida neste estudo se destaca por consumir até 25 vezes menos amostra (2 mL), o que resulta em menor geração de resíduos e maior frequência de análise (>30 amostras por hora), baixo consumo de energia (340 Wh-1) e na dispensa do uso de reagentes.

Downloads

Publicado

2017-07-04

Edição

Seção

Sistemas e Processos Industriais