DISPONIBILIDADE DE COBRE E ZINCO EM SOLOS TROPICAIS AVALIADA PELO PROCESSO DE EXTRAÇÃO SEQUENCIAL (BCR)

Lucilia Alves Linhares, Fernando Barbosa Egreja Filho, Vito Modesto de Bellis, Elizângela Augusta dos Santos

Resumo


Em estudos ambientais, conhecer as formas químicas em que se encontram os elementos no solo e suas relações com os teores disponíveis são importantes para a previsão do comportamento no sistema solo-planta. Para avaliar a distribuição de cobre e de zinco em solos do Estado de Minas Gerais e sua relação com a disponibilidade, realizou-se o experimento com amostras de seis solos naturais em duas profundidades, as quais foram contaminadas com os elementos de interesse e submetidas ao processo de extração seqüencial que separa os elementos nas frações trocável, oxidável, redutível e residual. O fracionamento forneceu importantes informações em relação à interação do cobre e do zinco com os constituintes dos solos e da compartimentação dessas espécies entre as várias frações dos solos. Verificou-se uma maior distribuição de zinco nas frações trocável e residual, enquanto que o cobre se associou preferencialmente às formas químicas mais estáveis, ou seja, redutível e residual. As baixas recuperações de zinco e principalmente de cobre na fração trocável no Chernossolo Argilúvico Carbonático (solo 2) e no Cambissolo Háplico eutrófico latossólico (solo 3) corresponde a sistemas solo-metal com as maiores forças de retenção, estando os elementos nesses solos menos disponíveis. A predominância de cobre e principalmente de zinco associados à fração trocável no Cambissolo Háplico Tb distrófico típico (solo 4) e no Neossolo Quartzarênico órtico latossólico (solo 6) evidencia a maior mobilidade e disponibilidade dos metais nos solos mais ácidos e arenosos comparado com os demais.

Palavras-chave


distribuição; metais pesados; fracionamento; extração.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/tecnolog.v13i1.885

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo