Avaliação qualiquantitativa dos riscos existentes em uma oficina mecânica localizada em Campo Mourão/PR

Autores

  • Larissa de Carvalho Universidade Estadual do Paraná
  • Jordana Dorca dos Santos Universidade Estadual do Paraná- Campo Mourão
  • Fernanda Santos Silveira Universidade Estadual do Paraná
  • Daniele Martins de Almeida Universidade Estadual do Paraná
  • Lilian Aparecida Martins Universidade Estadual do Paraná
  • Ana Carla Fernandes Gasques Universidade Estadual de Maringá
  • Tamara da Silva Universidade Estadual do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.17058/tecnolog.v21i2.9445

Palavras-chave:

Oficina mecânica, Segurança do trabalho, Acidentes de Trabalho

Resumo

A saúde e a segurança do trabalho se tornaram uma grande preocupação tanto para os colaboradores quanto para as organizações, tendo em vista que sua prevenção e controle contribuem para a redução de acidentes e para a melhoria das condições de trabalho. Diante disso, os objetivos deste trabalho consistem em realizar uma avaliação qualiquantitativa dos riscos existentes em uma oficina mecânica situada no município de Campo Mourão/PR e propor sugestões de melhorias para os riscos identificados. Para tal, as técnicas de pesquisas utilizadas foram: bibliográfica, por levantamento, estudo de caso e estudo de campo. Foi possível constatar que a empresa em questão fornece treinamentos, equipamentos de proteção individual e equipamentos de proteção coletiva para os colaboradores. Em relação aos riscos, foram identificados riscos de acidentes, ergonômicos, físicos e químicos. Sobre a percepção da segurança do trabalho pelos colaboradores, constatou-se que estes acreditam que as atividades exercidas não acarretam em problemas de saúde e o trabalho não é considerado estressante. Ainda segundo os colaboradores, a situação considerada mais crítica vivenciada no dia a dia é o desconforto térmico. De modo geral, a oficina está devidamente sinalizada, o que demonstra uma preocupação com a saúde e a segurança dos seus colaboradores e dos seus clientes.

Biografia do Autor

Larissa de Carvalho, Universidade Estadual do Paraná

Acadêmica do Curso de Engenharia de Produção Agroindustrial

Jordana Dorca dos Santos, Universidade Estadual do Paraná- Campo Mourão

Mestre em Engenharia Química (Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE), Especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho (Universidade Estadual de Maringá - UEM) e Graduada em Engenharia Ambiental (Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR). Atualmente trabalha como professora colaboradora na Universidade Estadual do Paraná no curso de Engenharia de Produção Agroindustrial, onde ministra as disciplinas de Introdução a Engenharia de Segurança do Trabalho, Gestão Ambiental e Teoria das Organizações e Organização do Trabalho.

Fernanda Santos Silveira, Universidade Estadual do Paraná

Acadêmica do Curso de Engenharia de Produção Agroindustrial

Daniele Martins de Almeida, Universidade Estadual do Paraná

Acadêmica do Curso de Engenharia de Produção Agroindustrial

Lilian Aparecida Martins, Universidade Estadual do Paraná

Acadêmica do Curso de Engenharia de Produção Agroindustrial

Ana Carla Fernandes Gasques, Universidade Estadual de Maringá

Graduada em Engenharia Ambiental pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Campus de Campo Mourão/PR (2013). Mestre em Engenharia Urbana pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) (2015), na área de Concentração Planejamento e Gestão de Sistemas Urbanos. Especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho, pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) (2015). Especialista em Docência e Metodologia do Ensino Superior pela Faculdade Eficaz (2016). Pesquisadora no Grupo de Pesquisa em Engenharia da Qualidade GPEQ. Atualmente é Professora Colaboradora do Departamento de Engenharia de Produção, UEM, Campus Sede.

Tamara da Silva, Universidade Estadual do Paraná

Acadêmica do Curso de Engenharia de Produção Agroindustrial

Publicado

2017-07-04

Edição

Seção

Sistemas e Processos Industriais