PAPO DA HORA: UM MOMENTO PARA APRENDIZAGEM, DESCONTRAÇÃO, ENTRETENIMENTO E INTEGRAÇÃO NO PROJETO UNISC INCLUSÃO DIGITAL 2021

Maria Helena Holler, Adriano José Bombardieri, Antonio Manoel de Borba Junior, Felipe Funk, Kevin Matheus Backes, Leonel Pablo Carvalho Tedesco, Marcia Elena Jochims Kniphoff da Cruz, Tainã Ellwanger Tavares, Thiago Pereira de Oliveira, Wolmar Alipio Severo Filho

Resumo


Em virtude das adversidades apresentadas devido o surgimento da pandemia do Covid-19, todo o âmbito da educação foi surpreendido pela necessidade de alterar seus métodos de ensino e aprendizagem. Aderir a metodologias de aulas remotas se tornou uma medida necessária para que o sistema de ensino se mantivesse operante em tempos de crise. Apesar da plena existência da modalidade de Ensino a Distância e todas suas ferramentas, o despreparo de grande parte de professores de modalidades presenciais e seus alunos para utilizar tais plataformas tornou o ensino limitado e precário. Em meio a esse momento instável de nossa sociedade, a Instituição buscou colocar em prática seus projetos de Inclusão também na modalidade remota, como a oficina de Papo da Hora, parte do Projeto UNISC Universidade do Adulto Maior (UNIAMA). Ao contrário das novas gerações, que já estão inseridas e familiarizadas com os ambientes digitais, as pessoas idosas possuem maior dificuldade de lidar com aparelhos tecnológicos e suas plataformas virtuais, visto que estes são aspectos inseridos na sociedade de forma extremamente recente. Contudo, é necessário abranger e trabalhar estas plataformas com a população idosa, em função da alta dominância desses meios em nossa sociedade e também com o intuito de promover a plena cidadania e exercício de direitos dessa faixa etária. Visando principalmente a promoção de descontração, informação e o entretenimento, a disciplina de Papo da Hora já desenvolveu 13 encontros e, em cada um deles é abordado uma área diferente do conhecimento. Ademais, sempre que possível, um profissional da área discutida é convidado a contribuir com a Oficina, transmitindo seus conhecimentos, estudos e promovendo assim troca de informações e experiências entre convidados e inscritos. Já foram abordados diversos assuntos, como meditação, benefícios da leitura, produção de chás, destinos turísticos do Rio Grande do Sul, culinária e gastronomia, a Cultua Germânica presente na região, a importância do voto do idoso em meio ao cenário político atual, dentre demais assuntos. Os Encontros acontecem semanalmente nas tardes de terça-feira através do Google Meet, com duração de uma hora. São mediados principalmente pelo professor orientador, com auxílio da bolsista, encarregada de planejar as atividades, registrar as presenças da chamada, seu andamento e auxiliar em possíveis contratempos de acesso por parte dos inscritos. Os relatos dos participantes são a comprovação positiva das ações realizadas, mostrando o quanto estão satisfeitos e realizados com os temas propostos, que são uteis para a sua vida. “Um encontro marcante alegre e satisfatório com temas úteis para nossa vida”; "Estar participando do Papo da Hora é uma honra muito grande, tem me enriquecido muito, com assuntos maravilhosos e atualizados, os participantes são alto astral”; “Muita gratidão por participar deste grupo tão maravilhoso!" são alguns dos relatos apresentados pelos participantes. O Papo da Hora já tem seus futuros encontros planejados, com guia turístico de Santiago do Chile, jornalista de grande reputação e psicóloga muito experiente da nossa cidade, entre outros convidados. Dessa maneira, a Oficina é capaz de contribuir com a inclusão de idosos nas mídias digitais, promover o trinômio aprendizagem, descontração e entretenimento, além também com a familiarização de seu uso, promovendo o bem-estar, qualidade de vida e pleno exercício de cidadania para a faixa etária.



ISSN 2764-2135