A IMPORTÂNCIA DE UMA FORMAÇÃO PESSOAL E CORPORAL DO FUTURO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Daniela Diesel

Resumo


A formação inicial de um professor de educação física requer momentos de socialização, trocas de experiências e de sensibilização deste futuro profissional que irá atuar com o ensino. É importante que o acadêmico passe por momentos de reflexão da sua própria conduta, que este perceba seus desejos, limites, expectativas e decepções nas relações com os outros, com os objetos e com o espaço que lhe rodeia. Negrine (1998) explica que a formação pessoal se constrói pela via corporal e tem como elemento pedagógico um conjunto de vivências que possibilitam que o participante se volte para si mesmo, expresse suas percepções, seus medos, suas expectativas, seus desejos, deixando despertar sentimentos e emoções pessoais. Este estudo apresenta um relato de experiência acerca das práticas corporais desenvolvidas com acadêmicos do Curso de Educação Física. Articuladas ao estágio de docência do Mestrado em Ensino do Centro Universitário UNIVATES, as práticas foram desenvolvidas na disciplina de Formação Pessoal, no segundo semestre de 2015. Tal disciplina objetiva contribuir para o reconhecimento da diversidade humana como elemento integrante da sociedade, favorecendo as práticas inclusivas, como as relações interpessoais e a capacidade de escuta, diálogo e cooperação. O trabalho tem como objetivo discutir a importância ética e estética da educação corporal do acadêmico de Educação Física, à medida em que essa contribui para a sensibilização, para a percepção de si e do outro e para a construção de um corpo criativo. A metodologia utilizada é qualitativa, através da análise das intervenções com vivências corporais das experiências de movimento que estimulam a criação, o toque, o conhecimento, a expressão e a comunicação corporal. Por meio de observações realizadas durante a disciplina, percebeu-se que o processo de educação corporal desperta nos estudantes um emaranhado de sentimentos, sensações e estranhamentos. As práticas foram planejadas com a finalidade de proporcionar a educação corporal dos acadêmicos com o objetivo de que estes ampliem sua disponibilidade corporal e suas ações nas interações humanas, ampliando-se sua capacidade de escuta, acolhimento, diálogo e cooperação.


Texto completo: Resumo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.