FACEBOOK COMO INSTRUMENTO DE MEDIAÇÃO DE LEITURA LITERÁRIA

Ana Paula Porto

Resumo


Este estudo apresenta reflexões sobre uso pedagógico, enquanto instrumento de ensino, de uma ferramenta tecnológica: a rede social Facebook. Considerando a relevância da inserção de dispositivos tecnológicos digitais bem como a necessidade de a escola explorar práticas de aprendizagem que dialogam com o cotidiano atual dos alunos, a pesquisa apresenta possibilidades de mediação de leitura literária numa perspectiva fundamentada na Literatura Comparada e numa abordagem metodológica que agrega o uso de mídias digitais no processo de formação de leitores na Educação Básica. Como objetos literários sãos selecionados contos contemporâneos e como não-literários, reportagens jornalísticas que passam a ser cotejadas por meio de práticas de leitura realizadas na rede social a partir da mediação docente. Essas práticas de leitura estão relacionadas a habilidades e competências de leitura indicadas na Matriz de Referência do ENEM. Parte-se da premissa de que o texto literário deve ser lido integralmente, a partir de uma seleção prévia que contemple preferências temáticas discentes, e de que o cotejo desse objeto com outros é um ponto importante no processo de formação de leitores. Além disso, acentua-se a importância de a mediação de leitura correlacionar perspectivas metodológicas pertinentes ao perfil de alunos e ao contexto tecnológico que se impõe.


Texto completo: Resumo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.