A TEORIA DAS INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS DE GARDNER E SUA APLICAÇÃO NO ÂMBITO ESCOLAR COMO PROPOSTA DE INCLUSÃO SOCIAL E EDUCACIONAL

Diuliana Nadalon Pereira

Resumo


A educação brasileira vem passando por largas transformações, estas podem ser verificadas no ambiente escolar, onde o advento das tecnologias da informação desencadeia perceptível competição entre o educador e os aparatos tecnológicos. Neste sentido, este estudo justifica-se pela necessidade de se pensar em alternativas que possam tornar os processos de ensino mais dinâmicos e focados nas especificidades de cada educando. Tal ação dialoga com a necessidade de se pensar a educação que promova inclusão e capacite seus agentes desde sua formação inicial para o enfrentamento da questão tecnológica e sua utilização como parceira nos processos educacionais. Objetiva-se, portanto, compreender a aplicabilidade cognitiva da teoria das inteligências múltiplas de Gardner na formação inicial, em um contexto de novas tecnologias, mediante á análise bibliográfica da referida teoria, discussão do panorama atual da educação sobre a ótica da necessidade de promover inclusão e sugestão de melhorias na atuação docente levando em consideração as contribuições do autor. Metodologicamente trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo e bibliográfico na qual serão estudadas as construções de Gardner, o contexto tecnológico e as necessidades de inclusão, além da discussão de caminhos que os autores apontam para a formação inicial e futura atuação dos docentes. As análises verificadas nesta pesquisa apontam que há a necessidade de se pensar a educação levando em consideração a existência de diversas realidades, maneiras e formas de se aprender e que cada ser humano possui um jeito distinto de fazer esse processo, pois cada indivíduo possui inteligências específicas. Também observa-se que os professores devem utilizar alternativas, para que o conhecimento interaja com o contexto social de cada educando, de forma a estimular seus sentidos, como a utilização de sonoridade, de imagens e de atividades corporais, como uma proposta de inclusão e diversificação dentro do âmbito escolar.Verificou-se que os acadêmicos dos cursos de licenciaturas precisam estar mais preparados para lidar com as múltiplas realidades que se fazem presentes dentro da escola, assim como as maneiras de incluir todos os discentes. Gardner indica caminhos muito proveitosos no sentido de fazer com que o processo educacional seja transformador e que possa contribuir para a melhoria das condições de cada educando.


Texto completo: Trabalho Completo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.