EDUCAÇÃO DO CAMPO NO BRASIL E FECHAMENTO DAS ESCOLAS DO CAMPO

João Paulo Reis Costa

Resumo


Este trabalho tem por objetivo traçar uma relação entre a importância da Agricultura Familiar e a Educação do Campo, com seus números mais diversos, no contexto brasileiro, gaúcho e do Vale do Rio Pardo e juntamente com isso, dar um panorama geral da situação das escolas do Campo, também no Brasil, estado e região, com ênfase nos últimos 25 anos de fechamento deliberados de mais de 15 mil escolas do Campo, em especial, as multisseriadas, em nome de uma perspectiva modernizante da educação brasileira nesses últimos anos, reunindo essas crianças e adolescentes em escolas-polo em comunidades centralizadas do Campo ou nas sedes dos municípios Brasil afora. Portanto, a cada 2 h e 40 min uma escola do Campo é fechada no Brasil e isso não diminui nem mesmo com a Lei 12.960 de 27/03/2014, que dificulta o fechamento de escolas do Campo no Brasil, chegando a 4.084 escolas fechadas só em 2014. E que essa lógica se reflete no Vale do Rio Pardo, uma região essencialmente rural e agrícola, dependente da Agricultura Familiar e com uma das mais baixas taxas de urbanidade do RS.


Texto completo: Trabalho Completo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.