NEOLIBERALISMO, GLOBALIZAÇÃO E REFORMAS DO ESTADO: REFLEXÕES ACERCA DA TEMÁTICA

Autores

  • Alessandro André Leme

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v0i0.1045

Palavras-chave:

Globalização, Neoliberalismo, Economia Política, Reforma do Estado, Welfore State, Consenso de Washington

Resumo

A análise, e compreensão, do Neoliberalismo e da Globalização enquanto processos mundiais, cujos reflexos e/ou influências foram sentidos e vivenciados em esfera global, nos apresentou simultaneamente um processo de universalização de padrões e orientações político-econômicas. Também salientou as diferenças culturais, econômicas, políticas e sociais existentes entre os países do Norte e do Sul. Neste sentido, a busca de inteligibilidade ao Neoliberalismo e à Globalização vão para além da capacidade de defini-los, perpassam também pela identificação de suas manifestações de forma desigual e combinada entre os diversos países no mundo. Essa dualidade presente na universalização de um lado e na diferença do outro é bastante elucidada ao verificar como esses processos mundiais foram incorporados, e, por conseqüência deles, foi implementado um conjunto de orientações e políticas e econômicas para a América Latina e para o Brasil em particular.

Downloads

Publicado

2010-08-09

Edição

Seção

Artigos