Trajetórias de sucesso escolar entre estudantes da escola pública na universidade: um problema sensível?

Autores

  • Jorge Morgan de Aguiar Neto

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v0i0.14595

Resumo

Este artigo faz um apanhado das principais contribuições de pesquisas nacionais que descrevem e problematizam trajetórias escolares e/ou universitárias de sucesso de jovens oriundos de meios populares no Brasil, no período compreendido entre os anos 1990 e 2018. Tratado comumente no âmbito da Sociologia da Educação, esse tema é revisitado aqui a partir de diferentes abordagens e perspectivas, que se complementam, formando um painel da situação, que culmina com a mais recente expansão do sistema de ensino superior através da implementação de políticas públicas e programas assistenciais (vivida entre 2000 e 2016). A esse último período, é dedicado um estudo que abarca especificamente a transição de jovens do ensino médio público para formações universitárias consideradas de prestígio, em que se consideram suas características, mas também suas percepções do sucesso escolar. Além disso, em razão das especificidades da população analisada, das particularidades da própria pesquisa de campo empreendida, bem como pelo fato de esse tema afetar diretamente a igualdade de chances e, por conseguinte, a mobilidade social brasileira, propomos que este seja tratado como um tema sensível pelas Ciências Humanas e Sociais, abordagem discutida ao final do texto. Palavras-chave: Sucesso escolar; estudantes de origem popular; Terrenos sensíveis.

Downloads

Publicado

2019-12-13

Edição

Seção

Artigos