Uma proposta histórico-cultural do fazer clínico: relato de experiência em oficinas terapêuticas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v0i0.14744

Palavras-chave:

Subjetividade. Oficina Terapêutica. Adolescentes. Histórico-Cultural.

Resumo

Este trabalho trata-se de um registro teórico-prático, descritivo e qualitativo, referente a experiência de Estágio Básico em Psicologia Clínica, da Faculdade Católica Dom Orione. O mesmo ocorreu nas dependências de um Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSi). O estágio referido, foi realizado através de observações em oficinas terapêuticas, com público alvo de adolescentes, teve como principal intuito, favorecer a constituição de vínculos entre estagiários, mediadores das oficinas, adolescentes usuários e familiares, levantando as principais demandas ali expostas, e conseguinte elaborar ações de acordo com os embasamentos teóricos da abordagem histórico-cultural, articulando teoria e prática, aspirando a materialização das emoções e vivências do grupo acompanhado, bem como compreender o processo de subjetividade dos adolescentes a partir de um fazer psicológico para além da clínica. No decorrer das observações foi compreendido que existe um distanciamento entre o serviço ideal e o que é ofertado, tornando factível a correlação entre teoria e prática do psicólogo dentro da instituição, considerando que se faz necessário suscitar reflexões respaldadas em experiências pertinentes às ações desenvolvidas nestes espaços, que tem como projeto, um novo modelo de saúde mental, com o propósito de promover um serviço cada vez mais pautado na ética, no respeito e no compromisso social e político, com vistas a reivindicar o direito das pessoas a um serviço cada vez mais preparado para acolher as necessidades individuais de cada um, visando sempre na promoção de saúde.

Biografia do Autor

Gilson Gomes Coelho, Faculdade Católica Dom Orione (FACDO), Tocantins/ Brasil

Doutorando em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista “ Júlio de Mesquita Filho” (UNESP/ Assis). Mestre em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Psicólogo pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS/ CPAN). Professor da Faculdade Católica Dom Orione (FACDO). E-mail: gilsonpsico@gmail.com

Ana Carolina Carvalho Arruda, Faculdade Católica Dom Orione (FACDO), Tocantins/ Brasil

Graduanda do curso de Psicologia da Faculdade Católica Dom Orione (FACDO).

Anna Lícya Ferreira Carneiro, Faculdade Católica Dom Orione (FACDO), Tocantins/ Brasil

Graduanda do curso de Psicologia da Faculdade Católica Dom Orione (FACDO).

Eliane Soares Lima, Faculdade Católica Dom Orione (FACDO), Tocantins/ Brasil

Graduanda do curso de Psicologia da Faculdade Católica Dom Orione (FACDO).

João Henrique Oliveira Barros, Faculdade Católica Dom Orione (FACDO), Tocantins/ Brasil

Graduando do curso de Psicologia da Faculdade Católica Dom Orione (FACDO).

Downloads

Publicado

2020-01-06

Edição

Seção

Artigos