AMIZADES INTERNACIONAIS: PANORAMA DA LITERATURA EMPÍRICA E UM ESTUDO DESCRITIVO

Autores

  • Luciana Karine de Souza
  • Cristina Yumi Nogueira Sediyama

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v0i0.1886

Palavras-chave:

amizade, relacionamento, desenvolvimento, estudos interculturais

Resumo

A amizade está entre os relacionamentos interpessoais mais importantes para o desenvolvimento humano. No entanto, estudos que abordem a percepção de brasileiros em relação à amizade e realizem comparações com participantes de outras culturas ainda são escassos. Nesse sentido, este trabalho tem dois objetivos: 1) apresentar um panorama de estudos empíricos sobre a percepção das amizades em diferentes países, e 2) apresentar um estudo descritivo sobre a percepção da amizade em adultos de nacionalidade estrangeira residentes no Brasil e compará-las com brasileiros. Participaram da coleta de dados 14 estudantes brasileiros e 14 estudantes de diferentes nacionalidades, todos regularmente matriculados na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. As variáveis analisadas foram presença, sexo, origem, duração, reciprocidade e proximidade geográfica da melhor amizade. Os principais resultados indicam a prevalência de amizades do mesmo sexo em todos os participantes. Também observou-se uma média maior de amizades residentes na mesma cidade para os participantes brasileiros. Discute-se a presença de laços fortes por parte dos participantes estrangeiros com suas amizades no país de origem.

Downloads

Publicado

2012-09-17

Edição

Seção

Artigos