AS MUITAS FACES DA AFETIVIDADE: UM BREVE DEBATE SOBRE O FUNCIONAMENTO PSICOLÓGICO DO SER HUMANO

Autores

  • Eduardo Menon Pinto

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v0i0.232

Palavras-chave:

Psicologia, funcionamento psicológico, cognição, afetividade

Resumo

O presente ensaio versa sobre o debate da dimensão afetiva na organização e funcionamento psíquicos do ser humano. Inicialmente, como dimensão afetiva, entende-se o conjunto de sentimentos, emoções e afetos que se tem acerca de si mesmo, de objetos e experiências em particular, os quais resultam em uma valoração qualitativa: amor, paixão, alegria, tristeza e outras mais. Começa-se a discussão dessa temática pondo em evidência duas visões teórico-psicológicas atuais, como os Modelos Organizadores do Pensamento, que procuram romper com o paradigma cartesiano clássico, cuja essência é a divisão secular entre mente e corpo, razão e coração. Posto isso, faz-se uma breve reflexão, no sentido hipotético e ainda muito preliminar, de como se poderia compreender futuramente o sujeito psicológico e suas dimensões constituintes; por exemplo, a cognição, a afetividade, a consciência e o inconsciente como partes inseparáveis, dinâmicas e complexas.

Downloads

Publicado

2008-08-14

Edição

Seção

Artigos