OFICINA TERAPÊUTICA DE CONTOS INFANTIS NO CAPSi: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA

Autores

  • Alice Moreira Costa Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
  • Carlise Cadore Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
  • Michele dos Santos Ramos Lewis Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
  • Claudia Maria Perrone Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v0i38.2756

Palavras-chave:

Oficina Terapêutica. Saúde Mental. Contos de Fadas.

Resumo

Este artigo é o resultado de uma intervenção realizada em um Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil em uma cidade da região central do Rio Grande do Sul, no âmbito do projeto de extensão universitária “Oficina Terapêutica de Contos Infantis no CAPSi”. Para tanto, focaliza a construção de histórias como instrumento privilegiado na oficina terapêutica infantil. Os subsídios teórico-metodológicos utilizados referem-se às contribuições da psicanálise ao campo da saúde mental. Identificaram-se mudanças na simbolização e na socialização das crianças que participaram da oficina, além do estabelecimento de vínculo terapêutico entre os integrantes do grupo.

Downloads

Publicado

2013-08-09

Edição

Seção

Relatos de Experiência