SIGNIFICADOS ATRIBUÍDOS POR PROFISSIONAIS À VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES: UMA ANÁLISE DOS ESTUDOS ATUAIS

Autores

  • Mariana Dal Castel Lopes
  • Milena Leite Silva
  • Hericka Zogbi Jorge Dias
  • Dorian Mônica Arpini

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v0i36.2920

Palavras-chave:

Defesa da criança e do adolescente. Violência. Trabalho

Resumo

O presente estudo teve por objetivo mapear a produção científica contemporânea sobre os significados atribuídos à violência contra crianças e adolescentes por profissionais que trabalham em seu cotidiano com situações de violência. Foram selecionados abstracts de periódicos científicos nacionais, indexados nas bases de dados LILACS, através da busca de palavras no título “violência” e “profissionais”. A revisão dos abstracts resultou em 36 artigos, produzidos de 2000 a 2011. Tendo em vista a quantidade de artigos encontrados, escolheu-se restringi-los a partir de dois critérios: estudos qualitativos ou mistos e temas vinculados à área da Psicologia. Considera-se que os significados atribuídos ao que constitui a violência pelos profissionais pode influenciar as intervenções com o público atendido bem como o cumprimento das normativas que referem como obrigatória a denúncia em casos de suspeita de violação dos direitos contra a criança e o adolescente.

Downloads

Publicado

2012-07-18

Edição

Seção

Artigos