AS PRÁTICAS DISCURSIVAS E A PRODUÇÃO DO FUTEBOL PROFISSIONAL

Marcos Daou, Neuza Maria de Fátima Guareschi, Marcos Adegas de Azambuja

Resumo


Este artigo tem por objetivo mapear como as práticas com a bola foram sendo apropriadas em diferentes recortes temporais até se configurar na produção do Futebol como é estruturado na sociedade contemporânea. Para o entendimento da formatação e construção do futebol e de seus praticantes baseou-se em uma análise de inspiração Genealógica Foucaultiana. Como parte dos resultados, foi possível perceber os discursos político-econômico-sociais contribuíram para a produção do futebol perpassando a esfera atlética e se imbricando em diretrizes executivas governamentais. Da mesma maneira, o atleta se configura em um sujeito com múltiplas especialidades para dar conta das exigências envolvidas nos deveres produzidos pelo discurso da profissionalização.

Palavras-chave


Palavras-chave: Futebol; Profissionalização; Genealogia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/barbaroi.v0i40.3726