PSICANÁLISE E ASSISTÊNCIA SOCIAL

Autores

  • Maria de Lourdes Duque-Estrada Scarparo
  • Maria Cristina Poli

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v0i0.452

Resumo

O presente artigo propõe-se a interrogar pela contribuição possível da psicanálise no campo da assistência social. Partimos de um breve apanhado histórico para contextualizar o entrecruzamento discursivo. Utilizamos recortes da prática de trabalho com crianças, adolescentes e suas famílias, atendidos nos programas de assistência social, tanto os de abrigagem como os socioeducativos de meio aberto, para provocar a abertura da discussão sobre os aspectos políticos, institucionais e clínicos implicados, apontando diferenças da noção de escuta em relação ao sujeito de direitos na cidadania e de escuta da singularidade no laço social em relação ao sujeito do inconsciente na psicanálise. Palavras-chave: Assistência social. Psicanálise. Escuta.

Downloads

Publicado

2008-08-14

Edição

Seção

Artigos