Diversas abordagens conceituais sobre o trabalho em rede

Autores

  • Alexandra Cronemberger Rufino UFPI - Universidade Federal do Piauí
  • Washington Luís de Sousa Bonfim UFPI - Universidade Federal do Piauí

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v0i0.4905

Palavras-chave:

Rede. Associação. Tensão.

Resumo

Diversas abordagens conceituais sobre o trabalho em rede. Rede é uma forma de interação social e organizacional em que se formam laços entre indivíduos e/ou instituições para o alcance de um objetivo comum. Este artigo apresenta as várias abordagens conceituais possíveis para o termo rede, as quais dependem da área de conhecimento e do contexto em que as redes estejam inseridas. Além disso, demonstra que elas assumem diversas tipologias, dependendo dos atores envolvidos em sua formação e dos laços que os unem. Para tanto, realizou-se uma revisão bibliográfica que permitiu abarcar todos os universos propostos. Por fim, foram demonstradas as conclusões, em que ficou evidente a importância e as facilidades da utilização das redes atualmente, mas também, que esta forma de associação não está imune às críticas nem livre de tensões. Palavras-chave: Rede. Associação. Tensão.

Biografia do Autor

Alexandra Cronemberger Rufino, UFPI - Universidade Federal do Piauí

Graduada em Direito e mestranda em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Exerce atualmente o cargo de Consultor de Controle Externo no Tribunal de Contas do Estado do Piauí.

Washington Luís de Sousa Bonfim, UFPI - Universidade Federal do Piauí

Doutor em Ciência Política e Sociologia pelo Instituto Universitário de Pesquisa do Rio de Janeiro (IUPERJ). Professor Associado II da Fundação Universidade Federal do Piauí (UFPI), atuando nos Programas de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Sociologia. Endereço eletrônico: washbonfim@gmail.com.

Downloads

Publicado

2015-07-12

Edição

Seção

Artigos