La calidad de vida infantil y sus dimensiones: percepción de escolares

Autores

  • Lia Machado Fiuza Fialho Universidade Estadual do Ceará - UECE
  • José Rogério Santana Universidade Federal do Ceará
  • Cristine Brandenburg Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v0i0.5065

Palavras-chave:

Calidad de vida. Niño. Escuela.

Resumo

Resumen: El estudio pretende evaluar la Calidad de Vida (CV) percibida de escolares, identificar la relevancia de sus dimensiones desde la óptica de niños de escuela pública y particular en Fortaleza-CE, y determinar si la dimensión Rendimiento Escolar se relacionaba con la CV. Participaron 90 niños, entre ocho y once años, que realizaron dos tareas: contestar al cuestionario AUQEI (Manificat & Dazord, 1997) y efectuar el ordenamiento de dimensiones de CV. También fue correlacionado el rendimiento escolar com la puntuación final del AUQEI. Fue comprovado que la CV de los niños fue satisfactoria aunque con diferencia significativa a favor de los niños de la escuela particular, las dimensiones más relevantes para todos los escolares fueron: Rendimiento, Bienestar Físico y Emocional y Relaciones Interpersonales, con diferencias al analizar las preferencias por tipo de escuela; no hubo relación entre Rendimiento escolar y el puntaje final de CV.

Biografia do Autor

Lia Machado Fiuza Fialho, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Professora adjunta do Centro de Educação da Universidade Estadual do Ceará - UECE. Pós-doutora em Educação pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB. Doutora em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará – UFC. Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade de Fortaleza – UNIFOR. Especialista em Inclusão da Criança Especial no Sistema Regular de Ensino pela UFC, em Psicologia da Educação - FLATED e em Psicopedagogia Institucional e Clínica – FLATED. Pedagoga pela Universidade Estadual do Ceará – UECE. Editora chefe da coleção Práticas Educativas – EdUECE.

José Rogério Santana, Universidade Federal do Ceará

Possui graduação em pedagogia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), mestrado acadêmico e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Pós-doutorado em História da Educação no Programa de Pós-graduação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). É professor adjunto da Universidade Federal do Ceará.

Cristine Brandenburg, Universidade Federal do Ceará

Mestranda pelo Programa de Pós Graduação em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará, Bolsista CNPq. Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade de Santa Cruz do Sul (2008).

Downloads

Publicado

2015-07-12

Edição

Seção

Artigos