Aspectos Históricos e Epistemológicos sobre Crenças de Autoeficácia: Uma Revisão da Literatura

Autores

  • Tiago Fernandes Oliveira Universidade Federal de Santa Catarina
  • Narbal Silva Universidade Federal de Santa Catarina.
  • Marúcia Patta Bardagi Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v51i1.6391

Palavras-chave:

Autoeficácia, Teoria Social Cognitiva, Pesquisa em Psicologia

Resumo

Quando alguém se pergunta “Será que sou capaz de fazer?”, está indagando sobre a crença que tem da sua autoeficácia, construto postulado por Albert Bandura em 1977, que se caracteriza pela percepção das pessoas acerca das próprias capacidades de organizar e executar cursos de ação requeridos para produzir certas realizações. No presente artigo de revisão da literatura consta um levantamento histórico dos antecedentes e da evolução do conceito da Teoria da Autoeficácia, sua relação com a Teoria Social Cognitiva, sua localização epistemológica, bem como uma investigação quantitativa de artigos publicados sobre autoeficácia nas bases de dados “Web of Science”, “Scopus”, “Biblioteca Brasileira de Dissertações e Teses”, “Scielo” e “Lilacs/BVS”. Foi possível associar a Teoria de Autoeficácia ao paradigma Interpretativista, o que direciona a compreensão das bases epistemológicas da teoria. O crescimento gradual da produção de artigos desde a década de 1970, em diversas áreas do conhecimento e não apenas em Psicologia, parece indicar a importância e amplitude científica do conceito, com destaque visível para as publicações estadunidenses.

Biografia do Autor

Tiago Fernandes Oliveira, Universidade Federal de Santa Catarina

Psicólogo do Instituto Federal Catarinense, Mestre em Psicologia, área de Psicologia das Organizações e do Trabalho.

Narbal Silva, Universidade Federal de Santa Catarina.

Docente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (UFSC), área de Psicologia das Organizações e do Trabalho.

Marúcia Patta Bardagi, Universidade Federal de Santa Catarina

Docente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (UFSC), área de Psicologia das Organizações e do Trabalho.

Downloads

Publicado

2019-01-05

Edição

Seção

Artigos