Um olhar à família: ressonâncias psicossociais em familiares que convivem com uma pessoa em situação de transtorno mental

Autores

  • Maria Helena Santos Almeida Mestranda em Programa de Mestrado Profissional Práticas e Inovações em Saúde Mental-Universidade de Pernambuco- Campus Garanhuns
  • Érika de Souza Mendonça Universidade de Pernambuco- Campus Garanhuns

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v0i49.6617

Palavras-chave:

transtorno mental, família, cuidado

Resumo

Os transtornos mentais caracterizam-se por alterações no comportamento, no humor e na maneira de pensar, podendo causar comprometimentos funcionais, provocando sofrimentos não só à pessoa que adoece, mas às pessoas com quem ela convive, em especial à família que se torna cuidadora principal. A pesquisa buscou compreender ressonâncias psicossociais em familiares que convivem e cuidam de um parente em situação de transtorno mental. Para tanto, realizou-se uma pesquisa qualitativa, que incluiu entrevistas semiestruturadas e rodas de conversa junto a familiares de usuários de um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), que frequentam o grupo de apoio familiar na instituição. A Análise de Conteúdo revelou três categorias de discussão, a saber: sentimentos da família diante do transtorno mental de seu familiar; a família na convivência e cuidado à pessoa em situação de transtorno mental; a assistência em saúde mental e a importância de cuidar também da família. Constatou-se a necessidade de atenção e assistência aos familiares que cuidam de uma pessoa em situação de transtorno mental, a partir da constatação dos sofrimentos, dificuldades e implicações em sua saúde física e mental frente ao contexto do adoecimento. Ainda, que os familiares contam com restritos espaços e redes de apoio e que, apesar de uma ação limitada no que se refere à integralidade e acolhimento ao familiar, o CAPS vem tendo sua atuação reconhecida positivamente pelos familiares de seus usuários.

Biografia do Autor

Maria Helena Santos Almeida, Mestranda em Programa de Mestrado Profissional Práticas e Inovações em Saúde Mental-Universidade de Pernambuco- Campus Garanhuns

Professora Adjunta do Curso de Bacharel em Psicologia-Formação do Psicólogo da Universidade de Pernambuco. Doutora em Psicologia pela Universidade Federal de Pernambuco

Érika de Souza Mendonça, Universidade de Pernambuco- Campus Garanhuns

Doutoranda- Professora Adjunta da Universidade de Pernambuco- Campus Garanhuns

Downloads

Publicado

2017-12-12

Edição

Seção

Artigos