A produção científica brasileira sobre homens autores de violência – reflexões a partir de uma revisão crítica de literatura

Autores

  • Rodrigo Caio de Padula Novaes Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Guilherme Arthur Possagnoli Freitas Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Adriano Beiras Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v51i1.8313

Palavras-chave:

Violência de Gênero, Violência contra Mulher, Homens Autores de Violência, Masculinidades, Gênero.

Resumo

Este estudo consiste em um levantamento bibliográfico das principais produções sobre o tema de violência contra mulheres e a atenção ao autor de violência, de 2006 a 2016. Busca fornecer um panorama geral sobre a temática, além de avaliar carências e potenciais aspectos para pesquisa e intervenção com os homens autores de violência. Foram analisados 22 artigos que tratam da temática da violência doméstica e familiar contra as mulheres, com foco no homem autor de violência (HAV). Nestes são apontadas as justificativas usadas para a legitimação da violência contra suas parceiras, explicitando a necessidade da produção de novos modelos de masculinidades. O segundo aspecto tratado pelos artigos são reflexões, fruto da dinâmica dos grupos de trabalho com os HAV, sobre a violência conjugal. Nota-se que há uma grande lacuna na produção de estudos e políticas voltadas para os homens autores de violência no Brasil, ficando evidente na análise a necessidade de maior enfoque nesses homens. Onde já há grupos reflexivos para homens, ainda existe a ausência de políticas regulamentadoras e a existência de desafios práticos, como a falta de treinamento dos profissionais que lidam com os HAV.

Biografia do Autor

Rodrigo Caio de Padula Novaes, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Graduando em Psicologia pela UFSC. Bolsista de Iniciação Científica Jovens Talentos (CAPES).

Guilherme Arthur Possagnoli Freitas, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Graduando em Psicologia pela UFSC. Bolsista de Iniciação Científica Jovens Talentos (CAPES).

Adriano Beiras, Universidade Federal de Santa Catarina

Professor Adjunto do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professor do Programa de Pós-graduação em Psicologia da UFSC Doutor Europeu em Psicologia Social (UAB - España), Becas MAEC-AECID Estágios de Pós-doutorado (UFSC bolsa PDJ - CNPq, Universidad de Granada -UGr-España, University of Brighton-UK). Pesquisador (Margens-UFSC, Brasil, VIPAT-UAB, España)

Downloads

Publicado

2019-01-05

Edição

Seção

Artigos