DESFAMILIARIZAÇÃO DAS POLITICAS SOCIAIS NA AMÉRICA LATINA? Uma breve análise dos sistemas de proteção social na região.

Autores

  • Fabricio Fontes Andrade

DOI:

https://doi.org/10.17058/barbaroi.v2i31.945

Palavras-chave:

Família, Políticas Sociais, Pluralismo de Bem-estar, Brasil, América Latina.

Resumo

È objetivo deste artigo debater a emergência do chamado pluralismo de bem-estar nas medidas de proteção social. Neste sentido, realizamos uma análise do Familismo e desfamiliarização das políticas sociais no âmbito do pluralismo de bem estar, e o seu viés conservador, tendo em vista tais processos na América Latina e especialmente no marco regulatório brasileiro. Os principais autores trabalhados são Esping-Andersen (2000), Pereira (2006b,a) e Franzoni (2007).

Downloads

Publicado

2010-01-22

Edição

Seção

Artigos