Lazer em forma de recreação em parques zoológicos: possibilidade interdisciplinar

Daiane Ozório, Luciana Lunkes, Matias Noll

Resumo


Objetivo: Este estudo teve por objetivo identificar, a partir dos frequentadores do Parque Zoológico da Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul, o interesse em atividades de lazer, em forma de recreação. Método: Estudo descritivo com análise qualitativa e quantitativa. Para coleta dos dados utilizou-se como instrumento um questionário estruturado com questões de múltipla escolha, questões abertas e fechadas. Participaram da amostra 85 visitantes (adolescentes, adultos e idosos). Resultados e considerações finais: Verificou-se o interesse de 87,05% da amostra em realizar atividades interdisciplinares de lazer em forma de recreação, configurando-se esse, mais um campo de atuação para o profissional de Educação Física.

Palavras-chave


Parques Zoológicos; Recreação; Lazer; Educação Física.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/cinergis.v15i2.4865

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo