JOGO COMPUTACIONAL PARA APOIO A PESSOAS COM PARALISIA CEREBRAL

Jorlei Luis Baierle, Rejane Frozza, Beatriz Lux

Resumo


Este artigo apresenta um jogo computacional educacional desenvolvido para atuar como uma nova tática de ensino em um ambiente virtual de aprendizagem com agentes pedagógicos emocionais, que executam diferentes funções. O jogo computacional tem como objetivo desenvolver o raciocínio lógico oferecendo desafios aos estudantes em um ambiente 3D, incluindo personagens tais como macacos, abelhas, jacaré, morcegos e gorila no trajeto de um trem que carrega mantimentos. O cenário do jogo possui elementos diversificados, tais como pontes, túnel, lago, floresta, montanhas e aldeia de índios. Este projeto visa contribuir no processo de ensino-aprendizagem, oferecendo um ambiente dinâmico e de interação com os estudantes, respeitando e adaptando-se às suas características de aprendizagem. Pretende-se adaptar o jogo desenvolvido para trabalhar com pessoas com deficiência física motora, mas com capacidade de aprendizagem, a fim de auxiliar com a sua inclusão em nossa sociedade.

Palavras-chave


Jogo computacional; Ambiente educacional virtual; Inclusão; Paralisia cerebral

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rjp.v0i1.2864



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo


PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO


Av. Independência, 2293
CEP 96815-900 - Santa Cruz do Sul - RS
Bloco 25 - Sala 2501
Fone: +55-51-3717-7341