Análise ergonômica do trabalho em um restaurante situado no interior do Rio Grande do Sul

Bruna Dalcin Pimenta, Airton dos Santos Alonço, Tiago Rodrigo Francetto, Jhosefe Bruning, Miguel Chaiben Neto, Silvana Antunes Rodrigues

Resumo


A ergonomia se diferencia de outras áreas de conhecimento pela sua característica interdisciplinar e sua natureza aplicada, isto é, a adaptação do posto de trabalho e ambiente às características e necessidades do trabalhador. O objetivo deste trabalho é avaliar o ambiente e a postura corporal de funcionários de um restaurante privado do interior do Rio Grande do Sul para indicar possíveis melhorias tanto para o estabelecimento como para os funcionários. Para isso, foi realizada a análise de atividades dos trabalhadores da cozinha, com ênfase na postura dos mesmos, com o auxílio de ferramentas ergonômicas que compreendem as reais condições que o operador está exposto, através do método OWAS (Ovako Working Posture Analysing System) e RULA (Rapid Upper Limb Assessment), utilizando o software Ergolândia 7.0. Para análise do ambiente, tomou-se como padrão o Manual da Associação Brasileira das Empresas de Refeições Coletivas (ABERC) de Práticas de Elaboração e Serviço de Refeições para Coletividade (2015). Os resultados mostraram que, para todos os funcionários analisados, e tomando como padrão o método RULA, deve ser realizada investigação na postura e ser introduzido mudanças para que torne melhor adaptado o ambiente de trabalho sem comprometer a postura corporal dos mesmos. Em relação ao ambiente, o restaurante é adaptado às normas estipuladas pela ABERC.

Palavras-chave


Ergonomia; OWAS; RULA; Alimentação; Ambiente.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/tecnolog.v24i1.13767

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo