Signo

Revista do Departamento de Letras e do Programa de Pós-Graduação em Letras - Mestrado e Doutorado da Universidade de Santa Cruz do Sul. Revista Signo é A2 no Qualis CAPES 2014 e B1 no Qualis CAPES 2015.

A revista Signo é publicada pelo Centro de Estudos e Pesquisas Linguísticas e Literárias - CEPELL, ligada ao Departamento de Letras e ao Programa de Pós-Graduação em Letras da UNISC.

Signo circula desde 1975, com periodicidade semestral. A partir de 2007, a revista passou a ter apenas versão eletrônica. Em 2016, Signo passa a ser quadrimestral.

A revista divulga estudos inéditos, de caráter teórico ou aplicado, na área de Letras (Literatura e Linguística) e suas interfaces. A periodicidade da revista é quadrimestral. A publicação de edições temáticas fica a critério dos organizadores. A Signo não cobra dos autores taxas para submissão, avaliação e publicação dos artigos.

Atualmente, a revista Signo está indexada nas seguintes bases:
Diretórios
1. DOAJ - www.doaj.org
2. Diadorim - diadorim.ibict.br
3. Crossref - search.crossref.org/
4. Latindex - www.latindex.org
5. ProQuest Linguistics and Language Behavior Abstracts - www.proquest.libguides.com/llba
6. Google Acadêmico - https://scholar.google.com.br/
Base de Dados
1. Sumários.Org - www.sumarios.org
Catálogos
1. Portal .periodicos. Capes - www-periodicos-capes-gov-br
2. LivRe - www.cnen.gov.br

Notícias

 

Signo, v.45, n.84: SEXUAL POLITICS, 50 ANOS DEPOIS: LEITURAS, REVISÕES E DIÁLOGOS NA CRÍTICA FEMINISTA CONTEMPORÂNEA

 
Sexual Politics, publicada em 1970, representou um marco no desenvolvimento dos estudos feministas, sobretudo no que se refere à chamada corrente anglo-americana. Seguindo o caminho aberto por Virginia Woolf (na década de 1920), Simone de Beauvoir (no final dos anos 1940) e Betty Friedan (no decênio de 1960), Kate Millett deu início a um amplo e aprofundado estudo sobre o pensamento patriarcal, que levou a sua definição teórica de política sexual. Mais do que apenas mergulhar em seus antecedentes históricos, trazendo evidências das ciências biológicas quanto ao caráter cultural do gênero (uma das suas referências foi o livro de Robert Stollers, Sex and Gender, publicado em 1968), ela apresentou uma convincente análise do funcionamento da política sexual, incluindo questões de raça, incorporada por textos literários de escritores do sexo masculino. Com uma extensa pesquisa sobre a complexa estrutura da dominação patriarcal exercida por meio da sexualização do poder, Millett inaugurou o caminho percorrido pelo feminismo teórico anglófono, ampliando sua influência por outras geografias e contextos nacionais.  
Publicado: 2020-01-24 Mais...
 

Signo, v.45, n.83: O VIGOR DA LINGUAGEM NA POESIA INFANTIL E JUVENIL

 
Enraizada nas primeiras manifestações lúdicas que singularizam a convivência humana e o aprendizado estético da criança, a poesia atravessa a história da literatura, também a infantil e juvenil, como uma das portas de entrada e de manutenção do vínculo dos indivíduos com a leitura literária. Em sua longa trajetória, ela diversificou-se em formas e temas, satisfazendo diferenciados objetivos e concepções da experiência de estesia.  
Publicado: 2019-10-03 Mais...
 

[SIGNO]44 anos, 44 volumes, 80 números online

 
Caros leitores,

É com grande alegria que comunicamos a disponibilização, no site da revista https://online.unisc.br/seer/index.php/signo/issue/archive , de todo o acervo da Signo, composto de 80 números, distribuídos em 44 volumes, publicados de 1975 a 2019.

De 1975 a 2005, Signo circulou em versão impressa, por isso 30 volumes foram escaneados para disponibilização online. Em 2006, tivemos a migração para a plataforma SEER e, de 2007 até o presente, nossa revista circula exclusivamente em formato digital.

Aproveitamos a oportunidade para informar que, de acordo com documento da CAPES publicado em julho de 2019, Signo é A1 na avaliação Qualis.

Nosso MUITO OBRIGADO a todos que fazem parte dessa história!

Equipe Signo
 
Publicado: 2019-09-19 Mais...
 
Outras notícias...

v. 44, n. 81 (2019): Cooperação Internacional na pesquisa em Linguística e Literatura

Sumário

Apresentação

Apresentação
Lilian Cristine Hubner, Rosane Maria Cardoso, Elvira Cámara Aguilera, Maximiliano Augustin Wilson
PDF
01

Cooperação internacional na pesquisa em Linguística e Literatura

José Morais
PDF
02-21
Cyntia Bailer, Lêda Maria Braga Tomitch
PDF
22-37
Ubiratã Kickhöfel Alves, Pedro Luis Luchini, Camila Motta-Avila
38-53
Tamires Pereira Duarte Goulart, Veridiana Pereira Borges, Gabriela Tornquist Mazzaferro
PDF
54-66
Lucilene Bender de Sousa, Lilian Cristine Hübner
PDF
67-76
Valeria Fernandes Nunes
PDF
77-86
Gislaine Machado Jerônimo, Lilian Cristine Hübner
PDF
87-97
Diego Spader de Souza, Rove Chishman
PDF
98-108
Claudio Maíz, Claudia Lorena Fonseca
PDF
109-121
Frederico Augusto Garcia Fernandes
PDF
122-135
Márcio Soares dos Santos
PDF
136-145
Jose Carlos dos Santos Debus, Ângela Maria Balça
PDF
146-154