O DISCURSO CONSERVADOR BRASILEIRO NAS NOVAS MÍDIAS DIGITAS E A HONRA DA FAMÍLIA: UMA LEITURA À LUZ DE WILHELM REICH

Róger de Souza Michels

Resumo


O cenário atual político e ideológico brasileiro se encontra fortemente atravessado pelo crescente discurso conservador. Muitas vezes relacionado à “nova direita brasileira”, o conservadorismo parece ganhar simpatizantes na medida em que opera como oposição a toda forma de estar em sociedade que discorde dos antigos costumes. Discursos desta natureza tem crescente presença, sobretudo em espaços virtuais. Nesse sentido, novas mídias se oferecem como potenciais dispositivos de propagação de pensamentos conservadores e reacionários. Considerando a história brasileira, fortemente marcada pelo regime ditatorial, a reascensão do conservadorismo configura um problema social sério e que necessita de maior investigação. Assim, o presente estudo objetiva compreender quais elementos compõem e fortalecem o discurso conservador brasileiro contemporâneo. Para isso, foram selecionados quatro youtubers brasileiros em atividade e que se autodeclaram adeptos do pensamento conservador da nova direita brasileira. Em seus respectivos canais foram buscados e analisados vídeos que versassem sobre quatro categorias escolhidas a priori a partir do que Wilhelm Reich chamou de “escala de valores do fascismo”. Desse modo, as categorias do presente estudo são: (1) A Honra Pessoal; (2) A Honra da Família; (3) A Honra da Raça; e (4) A Honra da Nação. Os resultados parciais aqui apresentados dizem respeito somente a análise da segunda categoria, A Honra da Família. Foi possível verificar que o pensamento conservador contemporâneo, presente nos canais selecionados, toma a família tradicional como ideal cultural brasileiro. Esse ideal encontra-se, na grande maioria das vezes, vinculado a uma tríade constituída por elos entre família, nação e religião. Dessa forma, o discurso conservador indica forte tendência à busca por uma unidade religiosa em detrimento das demais. A luta por direitos por parte de movimentos feministas e de populações LGBT é tomada pelos youtubers como responsável culposa pela deterioração dos valores tradicionais e cristãos da família brasileira. O conservadorismo busca, desse modo, a naturalização de uma definição de família, ao mesmo tempo em que acusa de perversas as demais definições. Estes resultados, apesar de parciais, são de grande importância na medida em que revelam a exclusão social e o discurso de ódio como componentes de um suposto posicionamento político. Da mesma forma, revelam-se grandes semelhanças entre o discurso conservador e a essência que compõe o pensamento fascista.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.