A CONTRIBUIÇÃO DA DANÇA PARA O DESENVOLVIMENTO DA EXPRESSÃO CORPORAL: UM RELATO DE MONITORIA NA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSOR JOSÉ FERRUGEM

Bárbara Cristina Grade, Deise Graziela Kern, Mariana Zuege, Miriam Beatris Reckziegel

Resumo


Introdução: Dança é arte de movimentar expressivamente o corpo, seguido de
movimentos ritmados, em geral ao som da música. Na escola a dança faz parte
da área de Educação Física. Dança é uma das maneiras mais divertidas e
adequadas para ensinar, na prática, todo o potencial de expressão do corpo
humano; caracteriza-se pelo uso do corpo, seguindo movimentos coreográficos
ou improvisados; é uma das três principais artes cênicas da antiguidade. Através
da dança, a criança aprenderá as noções de espaço, sequencia, padronização e
uma conscientização do próprio corpo, podendo existir como manifestação
artística ou forma de divertimento. Os benefícios que a prática da dança
proporciona aos indivíduos, se reflete nos aspectos físicos, emocionais,
intelectuais e sociais, contribuindo para a integração e formação de senso crítico,
além de melhorar a qualidade de vida. É um conteúdo fundamental para ser
trabalhado na escola, de forma divertida, ensina o potencial de expressão
corporal. No espaço escolar, busca o desenvolvimento não apenas das
capacidades motoras das crianças e adolescentes, como suas capacidades
imaginativas e criativas; o corpo expressa suas emoções, podendo ser
compartilhadas com outras pessoas. São muitos os benefícios da dança para os
indivíduos, tanto psicológico, quanto cognitivo e motor. Objetivo: A oficina de
dança realizada na E.M.E.F. Professor José Ferrugem, tem por objetivo
Universidade de Santa Cruz do Sul – Santa Cruz do Sul/RS
proporcionar atividades extra classe para os alunos, além de trabalhar com o
movimento, ritmo, raciocínio, expressão corporal, esquema corporal, coordenação
motora associado a equilíbrio e flexibilidade e, principalmente, o trabalho em
equipe, a integração e a socialização entre os alunos. Metodologia: A monitoria
foi realizada junto ao professor da oficina de dança. As aulas são divididas em
duas turmas com 10 alunos cada, sendo eles alunos do 6º ao 9º ano. Foram
trabalhadas as habilidades motoras de locomoção (correr e saltitar), manipulação
(pegar) e de estabilização (equilibrar), percepção espacial, temporal e corporal.
Nas sessões foram trabalhadas montagens e execução de coreografias e
aperfeiçoamento da expressão corporal. Com isso os alunos tem a oportunidade
de participar de festivais artísticos, socializar-se e trocar experiências com outros
grupos. Neste ano, a escola já se apresentou no Festival Integrado da UNISC,
Mostra Municipal de talentos, Proed, Praça da Cidadania, Mostra Escolar de
Dança, Festival da Primavera, além das apresentações feitas para a comunidade
escolar, em festas comemorativas na escola, como Chá das Mães, Festa Junina,
Palco do Saber, Semana da Pátria e Aniversário da Escola
Resultados/Considerações finais: No início das aulas, os alunos apresentaram
muitas dificuldades em coordenar movimentos de membros superiores com os
movimentos de membros inferiores, dificuldades também no equilíbrio e não
conseguiam entrar em um ritmo harmonioso conforme a música. Constatou-se
durante as aulas, uma melhora nas habilidades de locomoção, estabilização e
manipulação, melhoraram o ritmo e o grupo se manteve cada dia mais unido.
Concluímos que, a dança além de uma atividade física, contribui muito para o
desenvolvimento sócio afetivo e pessoal do aluno.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.