Ensino da língua inglesa através de elementos culturais anglófonos

Richard Gillmeister, Ms. Karen Santorum, Dr.Carlos Renê Ayres

Resumo


Este projeto visa ensinar a língua inglesa por meio de atividades práticas, envolvendo desde o seu princípio, a confecção do material a ser utilizado pelos próprios alunos e lúdicas, uma vez que os alunos usam o material em jogos relacionados ao tema. O projeto teve como objetivo, mostrar a 20 alunos do 4º ano do ensino fundamental da Escola Estadual de Ensino Médio Willy Carlos Frohlich, elementos comuns referentes à cultura de países falantes da língua inglesa, por meio de brincadeiras, integrando o ensino do conteúdo ao da língua, sendo tal método de ensino conhecido como CLIL, na sigla em inglês “Content and Language Integrated Learning” (BALL, P.; KELLY, K.; CLEGG, J. 2015), ou seja, um método que busca apresentar não apenas a língua em questão, mas o contexto em que é utilizada. Uma das atividades teve como método, o uso de cartas com imagens relacionadas ao tema, e outras apenas com as respectivas palavras, para que no exercício da memória, pudessem fazer a associação aos poucos, tendo em vista de que a maioria da turma ainda não conhecia tais elementos. Além desta atividade, realizou-se outra com dinheiro pedagógico, sendo libra esterlina a moeda usada, também desconhecida pela turma, onde os alunos deviam fazer cálculos simples de compra e venda, e dar os resultados na língua alvo. Conclui-se que os resultados obtidos na primeira atividade foram melhores, provavelmente pelo fato de exigir apenas o exercício de assimilação entre palavra—imagem e menos raciocínio lógico-matemático, como na segunda, embora alguns alunos tenham tido êxito nesta também.Palavras-chave: CLIL, atividade lúdica, memória, assimilação de vocabulário.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.