ABORDANDO DIFERENTES METODOLOGIAS DO ENSINO DE MATEMÁTICA ATRAVÉS DE ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS VOLTADAS AO ENSINO FUNDAMENTAL

Fernanda Hart

Resumo


O trabalho integrado entre componentes curriculares da Licenciatura em Matemática, além de obrigatório, é de extrema importância na construção dos saberes na formação inicial de professores, trazendo o trabalho interdisciplinar como foco. Esta prática justifica-se pela necessidade de entrelaçar os conhecimentos das metodologias do ensino da matemática às práticas docentes, levando essas metodologias como estratégias pedagógicas, a fim de verificar a sua funcionalidade no ensino da matemática, ou seja, suas contribuições na construção do conhecimento, no desenvolvimento da aprendizagem e na significação de conceitos. Assim, o presente trabalho visa relatar o desenvolvimento do projeto da PECC (Prática Enquanto Componente Curricular) da disciplina de Práticas do Ensino de Matemática V em conjunto com a disciplina de Metodologias do Ensino de Matemática II do curso de Licenciatura em Matemática do Instituto Federal Farroupilha, Campus São Borja, a qual teve como principal objetivo desenvolver estratégias pedagógicas a serem experimentadas em séries do Ensino Fundamental, através de atividades que contemplassem as metodologias do ensino de matemática. As técnicas metodológicas desenvolvidas ocorreram através das seguintes etapas: pesquisa e definição da metodologia de ensino; definição da série/escola/conteúdo; desenvolvimento escrito (plano de aula); execução na escola; elaboração de um relato de experiência para que fossem registradas as reflexões e considerações sobre a experiência vivenciada. Após a conclusão das etapas, os relatos foram socializados em forma de seminário, sendo que os três melhores viraram artigos e foram publicados no livro Práticas de Educação Profissional e Tecnológica, uma coletânea de práticas bem sucedidas realizadas no Campus São Borja. Diante do exposto, cabe ressaltar a importância da PECC na construção do ser e do fazer docente, pois além de vivenciar, é preciso refletir e discutir sobre os processos de ensino e de aprendizagem, ter consciência da realidade mas não ser submisso a ela, acreditar que é possível encantar através da matemática e contribuir na formação de sujeitos mais críticos, autônomos e criativos.

Texto completo: Trabalho completo

Apontamentos

  • Não há apontamentos.