“SIGNIFICAR TERRITÓRIOS” PARA REAFIRMAR SUA ESPECIFICIDADE E IDENTIDADE TERRITORIAL: aproximações teóricas e indicativos metodológicos

Valdir Roque Dallabrida

Resumo


Significar territórios refere-se ao ato de atribuir-lhe uma marca convencionada para distingui-los, como recortes espaciais específicos, incluindo sua gente, suas tradições históricas, suas formas de sobrevivência e/ou seus produtos diferenciados. Em outras palavras, trata-se de reafirmar as especificidades do território e sua identidade, transmitindo-as ao mundo por meio de um signo, servindo como uma marca distintiva. Quando um signo faz referência a um sinal que serve para distinguir um território dos demais lugares, está se falando, então, de um signo distintivo territorial. Parte-se da premissa de que as possibilidades de ampliar o poder de competitividade de territórios ou regiões, tanto regional quanto mundialmente, aumenta, na medida em que se destacam na capacidade de organização socioterritorial e quanto ao saber-fazer próprio da gente daquele lugar, ou em termos de qualidade e características específicas dos produtos que oferecem ao mercado. Tem-se o propósito de refletir teoricamente sobre o tema em referência, por meio da revisão da literatura, além de apresentar indicativos metodológicos para a investigação em experiências de associativismo territorial. Conclui-se que significar territórios, implica em reafirmar a valorização da dimensão territorial nos processos de desenvolvimento.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.