INSTITUIÇÕES NA INTEGRAÇÃO DA AMÉRICA DO SUL: O ACORDO DE CONVERGÊNCIA MERCOSUL/CAN/ALADI NA ESTRATÉGIA DA POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA NO GOVERNO LULA

Andréia de Simas Cunha Carvalho

Resumo


O objetivo deste artigo é refletir sobre a estratégia brasileira durante o governo Lula em estimular a convergência das instituições de integração na América do Sul. É exposto um breve histórico sobre a integração latino americana e sobre o papel da diplomacia brasileira em viabilizar os projetos integracionistas, identificando seus traços gerais nos últimos vinte
anos. A delimitação temporal aborda os oito anos do Governo Lula, desde 2003 até 2010, período em que se processa e fortalece uma maior ênfase na integração da América do Sul, bem como se desenvolve uma maior inserção do Brasil como um agente cada vez mais participativo e autônomo no cenário internacional.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.