Notificações de acidentes de trabalho com material biológico: um estudo no município de Santa Cruz do Sul/RS

Dayane Diehl, Karini da Rosa, Susimar Souza Rosa, Susane Beatriz Frantz Krug

Resumo


Justificativa e Objetivos: Trabalhadores da área da saúde estão constantemente expostos ao risco de acidentes ocupacionais envolvendo material biológico. Dessa forma o objetivo do estudo foi elaborar um perfil dos trabalhadores acometidos por acidentes de trabalho com material biológico no município de Santa Cruz do Sul, através do número de notificações realizadas nos sistemas de informação. Metodologia: Estudo transversal, retrospectivo e de abordagem quantitativa, com coleta de dados dos anos de 2008 a 2010, em prontuários da Unidade Municipal de Referência em Saúde do Trabalhador – UMREST, contendo a notificação através do Relatório Individual de Notificação de Agravo – RINA, e/ou Comunicação de Acidente de Trabalho – CAT. Resultados: Foram analisados 1.263 prontuários no período do estudo. Em 2008, houveram 13 notificações, em 2009, 7 casos e em 2010, 2 notificações. Cinco prontuários possuíam CAT, 8 possuíam RINA e 9 possuíam CAT e RINA. Observou-se que a categoria profissional mais acometida foi a de técnico de enfermagem, com maior frequência em 2008, seguido pelos cirurgiões dentistas e enfermeiros. Houve uma maior prevalência em trabalhadores do sexo feminino, com 18 casos. A faixa etária mais prevalente foi de 20 a 49 anos de idade. Conclusão: O estudo mostrou que as mulheres, profissionais de enfermagem, em faixa etária produtiva são as que mais encontram-se na situação de acidentados do trabalho por material biológico no período investigado. Através dos resultados encontrados, levanta-se a suspeita de subnotificação de casos de acidentes com material biológico, considerando-se o número de notificações encontradas no universo de prontuários investigados na UMREST.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/reci.v2i3.2707



Direitos autorais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo




Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção - ISSN 2238-3360

Hospital Santa Cruz
Núcleo de Epidemiologia Hospitalar/Comissão de Controle de Infecção
Rua Fernando Abott, 174
Santa Cruz do Sul - RS - Brasil