Susceptibilidade antifúngica em biofilme de Candida isolada a partir da urina pacientes ambulatoriais

Débora da Luz Becker, Danielly Joani Bulle, Paula Lutjohann Rodrigues, Odelta Dos Santos, Daiane Flores Dalla Lana, Alexandre Meneghello Fuentefria

Resumo


Justificativa e objetivos: a associação entre as formações biofilme uma resistência antifúngica foi sugerido para ser um fator importante na patogênese de diversas espécies de Candida. Além disso, estudos têm incluído candidíase invasiva de pacientes hospitalizados; no entanto, existem poucos estudos que avaliaram a distribuição das espécies, suscetibilidade aos antifúngicos e formação de biofilme de espécies de Candida isoladas de pacientes ambulatoriais. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar se a produção de biofilme contribui para a resistência antifúngica em Candida isoladas de amostras de urina obtidas de pacientes de ambulatório. Métodos: Durante um ano, 25 amostras de urina positivas para leveduras, foram coletadas, armazenadas e semeadas em agar Sabouread suplementado com cloranfenicol e deixadas a temperature ambiente por 5 dias, para posterior identificação: 52% (13/25) foram C. albicans, 36% (9/25) C. tropicalis, 8% (2/25) C. krusei e 4% ( 1/25) C. parapsilosis. Resultados: A capacidade de formar biofilme foi detectada em 23 (92%) da levedura estudados e 15,4% (2/13) de C. albicans foram fluconazol (FLU) e cetoconazol (PET) resistente, enquanto que 11,1% (1/9 ) de C. tropicalis foram resistentes cetoconazol e foram anidulafungina (ANI) não-suscetíveis. Conclusão: nossos resultados mostraram a alta capacidade de formação de biofilme entre Candida isoladas de pacientes ambulatoriais. Conclusão: nossos resultados mostraram a alta capacidade de formação de biofilme entre Candida isoladas de pacientes ambulatoriais.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/reci.v6i3.6934



Direitos autorais 2016

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo




Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção - ISSN 2238-3360

Hospital Santa Cruz
Núcleo de Epidemiologia Hospitalar/Comissão de Controle de Infecção
Rua Fernando Abott, 174
Santa Cruz do Sul - RS - Brasil