Avaliação da função pulmonar em pacientes com câncer submetidos à quimioterapia

Caroline Heemann Vione, Litiele Evelin Wagner, Thaís Ermelinda Schulz Benelli, Marciele Silveira Hopp, Dannuey Machado Cardoso, Dulciane Nunes Paiva, Isabella Martins de Albuquerque

Resumo


Justificativa e Objetivo: Alguns agentes neoplásicos usados no tratamento do câncer (CA) causam toxicidade pulmonar e outros importantes efeitos adversos, dessa forma, o presente estudo objetivou avaliar a presença de distúrbio ventilatório obstrutivo (DVO), distúrbio ventilatório restritivo (DVR) ou misto em pacientes com diagnóstico de câncer submetidos a tratamento quimioterápico. Métodos: Trata-se de estudo transversal descritivo que avaliou pacientes com diagnóstico de câncer e submetidos à quimioterapia utilizando os fármacos Doxorrubicina, Bleomicina, Vimblastina, Dacarbazina, Ciclofosfamida, Fluoruracila e Vincristina, sendo excluídos aqueles com diagnóstico de CA de pulmão. Realizado teste de função pulmonar através de análise espirométrica (EasyOne®, Switzerland) em pacientes que iniciaram tratamento quimioterápico há mais de 30 dias, tendo sido avaliadas a Capacidade Vital Forçada (CVF), o Volume Expiratório Forçado no primeiro segundo da CVF (VEF1), o Fluxo Expiratório Forçado entre 25-75% da CVF (FEF25-75%) e a Relação VEF1/CVFantes da sessão quimioterápica. Resultados: Amostra (n=18) composta por portadores de CA com média de idade de 49,28±9,90 anos e 26,49±5,67 Kg/m2
onde 44,4% apresentou padrão espirométrico normal, 27,8%apresentou
DVO, 16,7% apresentou DVR e 11,1% apresentou distúrbio ventilatório misto. Conclusão: A quimioterapia resultou em distúrbio pulmonar obstrutivo, restritivo e misto nos portadores de leucemia, câncer de mama e Linfoma de Hodgkin não específico avaliados.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/reci.v1i1.7970



Direitos autorais 2016 Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo




Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção - ISSN 2238-3360

Hospital Santa Cruz
Núcleo de Epidemiologia Hospitalar/Comissão de Controle de Infecção
Rua Fernando Abott, 174
Santa Cruz do Sul - RS - Brasil