Panorama da cobertura vacinal brasileira com enfoque no município de Jataí, Goiás entre 2011 e 2015

Autores

  • Kaliny Xavier da Guarda Universidade Federal de Goiás
  • Giuliana Thaíse Araújo da Silva Universidade Federal de Goiás
  • Edlaine Faria de Moura Villela Universidade Federal de Goiás http://orcid.org/0000-0002-7043-2007

DOI:

https://doi.org/10.17058/reci.v1i1.9001

Resumo

Justificativa e Objetivos: O estudo da cobertura vacinal (CV) demonstra a concretização das ações de políticas públicas no âmbito saúde, embora as metas determinadas sejam parcialmente alcançadas. Realizar o diagnóstico situacional da Cobertura Vacinal em menores de um ano em âmbito nacional, estadual (Goiás) e municipal (Jataí) no período de 2011 a 2015. Métodos: Foi realizado um estudo descritivo, do tipo transversal, baseado na coleta de dados secundários dos registros do SI-PNI sobre cobertura vacinal em menores de um ano na plataforma do Datasus. Resultados: A CV no país atingiu, no geral, índices superiores àqueles estabelecidos pela meta com algumas exceções. O estado de Goiás, juntamente com o município de Jataí, demonstraram resultados semelhantes em relação à CV por tipo de vacinas em menores de um ano, sendo evidentes os índices elevados de CV no referido município. Conclusão: A CV em menores de um ano em âmbito nacional revela índices superiores à meta. O estado de Goiás apresentou situação vacinal semelhante à observada na Região Centro-Oeste em que está inserido. A elevada CV por tipo de vacina em menores de um ano indica que o município de Jataí expressa efetividade no PNI.

Biografia do Autor

Edlaine Faria de Moura Villela, Universidade Federal de Goiás

Docente de pós-graduação stricto sensu em Saúde Coletiva da UFG Goiânia. Coordenadora de pós-graduação lato sensu em Epidemiologia e Saúde da UFG. Docente do curso de Medicina da UFG Regional Jataí.

Downloads

Publicado

2018-01-02

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL