A EXPERIÊNCIA DENTRO DO PROCESSO FORMADOR EDUCATIVO EM: FROEBEL, FREINET E DEWEY

Ana Paula Ennes de Miranda Eto, Nicanor Palhares Sá

Resumo


O presente trabalho objetiva apresentar as características e conceitos da Escola Nova ou Escola Ativa a partir do pensamento de alguns intelectuais da educação: Froebel, Freinet e Dewey. Contribui para o entendimento de como a experiência e outros preceitos escolanovista foram abordados e apropriados dentro do pensamento educacional destes três intelectuais da educação . O texto apresenta considerações referentes à educação e à Escola Nova, com o intuito de expor o ideário a cerca do contexto escolar segundo a visão destes intelectuais identificados em obras que caracterizam estes aspectos. O texto inicia com Froebel evidenciando seu olhar sob a educação embasado no que denomina de Unidade Vital. Em seguida apresenta Freinet, vislumbrando seu pensamento a respeito da Escola Popular Francesa, seguindo para Dewey com seu pensamento reflexivo entre escola e vida.

Palavras-chave


Modernidade; Experiência; Escola Nova.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rea.v19i2.2171



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo