PROFESSORES QUE LECIONAM MATEMÁTICA NA EJA: CONCEPÇÕES E PRÁTICAS LETIVAS

Autores

  • Andréa Thees
  • Maria Cecilia Fantinato

DOI:

https://doi.org/10.17058/rea.v20i2.3048

Palavras-chave:

educação matemática, práticas letivas, educação de jovens e adultos

Resumo

Este trabalho representa um recorte de uma pesquisa de Mestrado que consistiu em investigar como são desenvolvidas as práticas profissionais letivas e não letivas de professores de matemática que lecionam na EJA. Neste texto apresentamos as práticas de gestão curricular, tarefas e materiais, comunicação e avaliação. Por meio de um estudo de caso do cotidiano de três professores de matemática que lecionam para pessoas jovens e adultas, desenvolveu-se uma pesquisa qualitativa, cujos instrumentos investigativos foram as observações de campo, as entrevistas semiestruturadas e a aplicação de questionários. Nosso estudo indicou que as práticas de gestão curricular são determinadas por um estilo de ensino direto e expositivo, baseado na resolução de exercícios. Em relação às tarefas propostas os professores pouco recorrem a outros materiais didáticos, além do quadro e do giz, e raramente utilizam o livro didático. A comunicação na sala de aula é unívoca, algumas vezes complementada por metáforas inadequadas, principalmente, no ensino de álgebra. As práticas de avaliação dos alunos são, predominantemente, focadas na função sumativa.

Downloads

Publicado

2012-12-18