Estudando a cultura através de selfies: implicações do aspecto digital dos dados em sua análise

Sandra Portella Montardo, Eduardo Campos Pellanda, André Fagundes Pase, Eduardo Gabriel Velho

Resumo


Com o objetivo de identificar as implicações que o aspecto digital constituitivo de selfies publicadas no Instagram podem ter sobre sua análise, descreveremos o processo de coleta de selfies nesta plataforma. Concluímos que, as políticas de uso da plataforma permitem apenas buscas manuais de selfies por geolocalização e por hashtags, separadamente, o que descaracteriza a amostra pretendida; nessa ordem, hashtags merecem atenção ao materializar a visibilidade nesse fenômeno cultural.

Palavras-chave


Selfies; Dados digitais; Metodologia; Instagram.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rzm.v5i2.11186