MAIS QUE UMA ESCRITORA, UMA SENTIDORA: CLARICE LISPECTOR E A EXPRESSÃO DO ESTADO DE ANGÚSTIA EM A HORA DA ESTRELA

Eunice Terezinha Piazza Gai, Bianca Cardoso Batista

Resumo


Este trabalho objetiva compreender/interpretar a obra A hora da estrela, de Clarice Lispector, sob a perspectiva do narrador, identificando e refletindo acerca da angústia do mesmo. O estudo, de caráter hermenêutico, contempla aspectos da vida e obra da escritora, apresenta considerações teóricas sobre o narrador e sobre a angústia. A partir de filósofos como Sartre, Heidegger, e Kierkegaard busca estabelecer relações entre esta, os sentimentos do narrador Rodrigo S. M. e a personagem Macabéa.

Palavras-chave


Hermenêutica. Narrador. Angústia. Clarice Lispector.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rzm.v6i2.12590