Acervo audiovisual e virtualização

Paulo Eduardo Silva Lins Cajazeira, José Jullian Gomes de Souza

Resumo


O documento audiovisual, suas características e seu uso passaram por várias transformações ao longo da história da Biblioteconomia, da Ciência da Informação e da Ciência da Comunicação. Os arquivos de som e imagem foram, por um longo período de tempo, de papel secundário para os profissionais desses campos. No entanto, com o avanço das tecnologias, da percepção sobre a relevância e importância desse tipo de documento e, também, com o surgimento do processo de virtualização, o audiovisual e seu acervo passaram a possuir o papel da preservação da memória da sociedade e dos documentos informacionais em formato de áudio e vídeo. Esta investigação se dará por meio de uma abordagem qualitativa a partir de uma pesquisa descritiva na qual buscaremos analisar o atual cenário dos acervos audiovisuais e dos seus processos de preservação na biblioteca da Universidade Federal do Cariri e na emissora de TV regional do Sistema Verdes Mares.

Palavras-chave


Acervo audiovisual. Virtualização. Memória digital. TICs. Preservação digital.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rzm.v7i1.12823