O ouvinte-enunciador nas narrativas radiofônicas: as disputas pelo poder de voz

Mirian Redin de Quadros, Márcia Franz Amaral

Resumo


O artigo discute a participação dos ouvintes como personagens enunciadores das narrativas radiofônicas, com base na análise do programa Gaúcha Atualidade, veiculado na Rádio Gaúcha, de Porto Alegre (RS). Utiliza como método uma matriz analítica elaborada a partir da Análise Crítica da Narrativa, sugerida por Motta (2013b). O texto aborda as disputas pelo poder de voz que permeiam o jornalismo, identificando critérios e circunstâncias que qualificam as contribuições vindas da audiência como informações jornalísticas relevantes a partir de 30 sequencias narrativas participativas. Observa que a concessão de voz narrativa ao ouvinte se dá de forma indireta, mediada pelo jornalista, dependendo de fatores específicos como a temática abordada no programa e a estrutura de reportagem mantida pela emissora.

Palavras-chave


Narrativa; Radiojornalismo; Participação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rzm.v4i2.6859