Youtubers e seu fandom: doesn’t feel, look or smell like labor at all”

Paula Coruja, Adriana Pierre Coca

Resumo


Nesse artigo, partimos dos youtubers e seu fandom para fazer uma discussão sobre trabalho gratuito na internet. Primeiramente, abordamos o funcionamento do YouTube e o conteúdo gerado por usuário, como atividade cultural característica da cibercultura. Em seguida, abordamos os youtubers ativos, que hoje não só encaram a atividade como trabalho, mas que desenvolvem uma gramática própria para esse produto audiovisual, que leva ao desenvolvimento de fandoms ao seu redor. Ao fortalecer um grupo de fãs, estes youtubers mantêm a engrenagem do trabalho gratuito apropriado pela plataforma girando.

Palavras-chave


YouTube; youtubers; conteúdo gerado por usuário; trabalho gratuito; fandom

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/rzm.v5i2.9528