Fenomenologia da leitura

Maria da Glória Bordini

Resumo


Apresentando princípios básicos da fenomenologia husserliana, expõem-se as teorizações de Roman Ingarden sobre a cognição da obra de arte literária, exemplificando os processos fenomenológicos da leitura por meio de uma análise do poema Lunar de Mario Quintana.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v34i57.1200

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo