Metacognição, transferência linguística e compreensão leitora: uma perspectiva teórico-empírica

Diane Blank Bencke, Rosângela Gabriel

Resumo


O presente trabalho aborda teórico-empiricamente os fenômenos da metacognição, transferência linguística e compreensão leitora, investigando a transferência de estratégias metacognitivas de leitura do português brasileiro para o inglês, como segunda língua. O estudo verificou os tipos e a frequência de uso de estratégias metacognitivas de leitura em L1 e em L2 nos cursos de Administração e Letras. Trinta e dois acadêmicos, sendo 16 de Letras e 16 de Administração, fizeram testes de compreensão leitora em português e em inglês, pela técnica do protocolo escrito retrospectivo, em um programa de computador, especialmente, desenvolvido para esta pesquisa. Após o registro das respostas dos informantes, foram classificadas as estratégias metacognitivas de leitura utilizadas e, também, computadas e analisadas as demais respostas fornecidas. Verificou-se uma considerável padronização quanto ao tipo e à freqüência de uso das categorias de estratégias metacognitivas, o que parece indicar sua transferência em nível inconsciente ou, então, a existência de procedimentos leitores comuns empregados por falantes de línguas e formações acadêmicas diferentes, e, talvez, a existência de padrões cognitivos para a realização dessa atividade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17058/signo.v34i57.1202

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Disponibilidade para depósito: permite o depósito das versões pré-print e pós-print de um artigo